Jaime admite encarar Taques e se diz “preparado” para o Governo

O vice-presidente do Democratas (DEM) em Mato Grosso, Jaime Campos, afirmou estar preparado para disputar tanto o Governo quanto o Senado nas eleições deste ano.

O vice-presidente do Democratas em Mato Grosso, Jaime Campos
Em conversa com a imprensa, na manhã desta segunda-feira (05), em um evento na Assembleia Legislativa, ele admitiu enfrentar “qualquer um”, até mesmo o governador Pedro Taques (PSDB), hoje seu aliado e que pode ir à reeleição.

“Enfrento todo mundo, até Seu Raimundo. Não sou filho de pai assombrado. Qual o problema? Eu já fui governador. E agora estou muito mais preparado, porque estou com todos os filhos criados, já estão todos trabalhando, gerenciando. Hoje estou de boa. Estou preparado”, afirmou.

Jaime disse aparecer “bombando” nas últimas pesquisas eleitorais encomendadas. Segundo ele, as sondagens deverão dar norte para saber se há viabilidade para um dos projetos.

Apesar disso, garantiu que não sairá candidato se não tiver apoio de sua sigla e de outros aliados.

“Estou preparado para ser governador, senador ou não ser nada, só participar da campanha se tiver um candidato que atenda a demanda da sociedade. Política se faz com grandeza e de forma despojada. Sempre fiz isso e provei na eleição passada que não sou apegado a cargo”, disse, se referindo a sua desistência, em 2014, da disputa pela vaga ao Senado, mesmo aparecendo em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto.

“Faço política em grupo, não sozinho. De jeito nenhum. Busco respaldo do meu partido e depois outros partidos para poder vir coligar. Caso contrário, não me interessa. Das pesquisas que estão aí, todas, literalmente todas, apareço bem, bombando para governador e senador. E os dois cabeça de chapa”, afirmou.

Conversando com todos

O ex-senador disse estar conversando com diversas lideranças políticas, seja da base governista ou da oposição.

Na semana passada, inclusive, esteve na Assembleia e conversou com deputados da oposição, que sugeriram aliança com o DEM em uma chapa contrária a Taques.

“Vamos aguardar. Estou conversando com todo mundo. Ninguém me impede de conversar com alguém. Converso com Carlos Fávaro, Nilson Leitão, Wellington Fagundes, Pedro Taques, Carlos Bezerra. Isso faz parte da democracia. Idiota é quem quer fazer política policiando, dizendo que não pode conversar com um ou outro”, disse.

Tecnologia do Blogger.