Com virada no fim, Chape 'despacha' o Mixto

FOTO: REPRODUÇÃO
Foi sofrido, mas a Chapecoense está na terceira fase da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, jogando na Arena Pantanal, a equipe de Claudinei Oliveira perdia a partida diante do Mixto até os 44 minutos do segundo tempo, quando Perotti empatou e, na sequência, viu Lourency virar para 2 a 1, garantindo o triunfo e a classificação ao Verdão do Oeste. William Amendoim fez o gol solitário dos mandantes.

Na próxima fase da Copa do Brasil, Chapecoense terá pela frente o Criciúma, que eliminou nos pênaltis, por 7 a 6, o Oeste no Heriberto Hulse. As datas dos confrontos de ida e volta ainda serão confirmadas.

O Jogo – Buscando surpreender o rival, a Chapecoense tentou uma pressão no início do embate e rondou a área rival em diversas oportunidades, mas, sem criatividade e com dificuldades na troca de passes, a equipe catarinense abusou dos cruzamentos, assustando o goleiro Vinícius apenas uma vez, em cabeçada rente à trave de Everaldo.

Aos poucos, entretanto, o Mixto foi estabilizando seu sistema defensivo e ganhando confiança para se aventurar no ataque no final do primeiro tempo, período em que controlou as ações da partida, viu William Amendoim arrematar boa chance para fora e obrigou o goleiro João Ricardo a defender chute cruzado de Alan Júnior.

Depois de uma etapa inicial fraca, a Chape voltou melhor do intervalo e teve Lourency como válvula de escape. Em cruzamento de Renato, o atacante apareceu livre de marcação e cabeceou na trave. Na sequência, ele fez jogada individual, mas chutou por cima.

Com um toque de bola seguro, o Mixto administrou o ímpeto ofensivo da Chape e foi recompensado por isso. Aos 31, Leandrinho cruzou da esquerda, William Amendoim antecipou a marcação e cabeceou na canto alto de João Ricardo, que nada pôde fazer.

Com a momentânea eliminação, a Chape se lançou ao ataque foi buscar o empate aos 44 minutos, quando Perotti cabeceou no cantinho para marcar. Para decretar a classificação direta, sem sequer precisar dos pênaltis, o Verdão do Oeste chegou ao segundo gol com Everaldo, que deu números finais à vitória catarinense: 2 a 1.

FICHA TÉCNICA
MIXTO-MT 
Vinícius, Airton, Marlon, Mateus, Coutinho, Rodrigo (Leandro), Arthur, Willan, Yan, Dinelson (Rosivaldo) e Alam Júnior (Alexsandro)
 
TÉCNICO
Toninho Pesso
 
CHAPECOENSE -SC
 
João Ricardo, Eduardo, Rafael, Luiz Otávio, Pacheco, Márcio (Augusto), Amaral, Renato, Campanharo, Everaldo, Andrade e Claudinei.
 
TÉCNICO
Claudinei Oliveira

FONTE: GAZETA ESPORTIVA

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.