Deputado federal defende a Reforma da Previdência e afirma que 'direitos adquiridos serão mantidos'

Foto: TV Centro América
O deputado federal Nelson Ned Previdente, o Nelson Barbudo (PSL), foi entrevistado nesta terça-feira (9) no Papo das Seis, do Bom dia Mato Grosso. Ele falou sobre a Reforma da Previdência, projetos do governo federal, entre outros assuntos.

Para Barbudo, o 'Ministério do Trabalho é o maior inibidor de emprego no país'.

“Eu sou contra leis trabalhistas que fazem o trabalhador ter uma sobrecarga de impostos que ele não possa empregar. Não sou a favor da ruptura total sem uma adequação em qualquer situação de previdência. Os direitos adquiridos precisam ser mantidos para que não haja uma cisão do sistema”, declarou.

Pecuarista e bacharel em direito, ele foi o candidato eleito à vaga na Câmara Federal com maior número de votos. Obteve 126.249 votos, que corresponde a 8,52% dos votos válidos.

Ele negou que a fama de 'extremista' ou 'radical'. Afirmou que 'comunga' das 'coisas corretas' que, na opinião dele, não 'vinham acontecendo' no governo anterior.

“A proposta [reforma da Previdência] é um projeto e estamos tentando adaptá-la da melhor forma a não causar traumas na sociedade. Direito adquirido não será mexido. Devemos adequar o modelo para que o país não quebre. É simples: se não houver reforma tributária, em 10 meses o Brasil quebra”, alertou.

FONTE: G1 MT
Tecnologia do Blogger.