Energia elétrica é maior alvo de reclamações dos consumidores de MT

De 1º a 31 de março de 2019, a Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT) registrou 2.739 reclamações de consumidores. Pelo Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec) foram 1.744 casos e 995 pelo atendimento online (www.consumidor.gov.br).

Segundo o Sindec, na liderança de reclamações está a área de “Serviços Essenciais”, com 995 registros. O maior número de reclamações ainda está com “Energia Elétrica”, 488 atendimentos; seguido por “Água e Esgoto”, 472. Em terceiro aparece “Telefonia Celular”, com 136 reclamações. 

A área de “Assuntos Financeiros” é a segunda mais reclamada, com 299 registros: “Financeira” com o maior número de reclamações, 78; “Cartão de Crédito”, 65; e “Banco Comercial”, com 61.

Já “Serviços Privados” ocupa a terceira posição com 203 atendimentos, sendo: “Estabelecimento comercial (supermercado, loja, padaria, locadora, frutaria, etc.)” com 46, “TV Por Assinatura” com 32 e “Agências e Operadoras de viagens” com 20.

Dividindo a terceira posição, também com 203 registros, aparece a área “Produtos”: 27 para “Combustível Automotivo”, 24 para “Telefone” e 14 para “Televisão”.

Na quarta posição está “Saúde”, que registrou em março de 2019 39 reclamações: 21 procedimentos para “Plano de saúde regulamentado”, seis para “Convênio de assistência médica/ odontológica” e três para “Farmácia / Drogaria” e “Plano Odontológico”.

“Alimentos” aparece em quinto lugar do ranking, com 29 reclamações, sendo 23 para “Farináceos” (fubá, polvilho, etc.). Empatados com dois registros cada estão “Bebidas Alcoólicas” e “Doces prontos” (frutas cristalizadas, geléias, bala, docinhos para festas, etc).

Em sexto e último lugar está a área “Habitação” - 12 registros. Foram sete para “Incorporação (Construtoras e Incorporadoras)”; “Condomínio” e “Loteamento” com dois cada; e um para “Seguro”.

Atendimento online

Pela plataforma de atendimento online www.consumidor.gov.br, o Procon Estadual registrou 995 reclamações em Mato Grosso, sendo a área de “Telecomunicações” a líder do ranking, com 397 registros. Em segundo lugar aparece “Serviços Financeiros”, com 342 reclamações, e em terceiro “Produtos de Telefonia e Informática”, com 94 registros.

A quarta posição ficou com a categoria “Transportes”, com 55 atendimentos, e o quinto lugar com “Demais serviços”, que registrou 41. O sexto lugar é ocupado pela área “Demais Produtos”, 27 registros; e o sétimo pela categoria “Produtos Eletrodomésticos e Eletrônicos”, 22 registros.

Na oitava posição, com oito reclamações, está a área “Saúde”, seguida por “Turismo/Viagens” em nono, com sete registros. Na décima posição, as categorias “Água, energia e gás” e “Alimentos” aparecem com um cada. Já o setor de “Educação” e “Habitação” não obtiveram registros no mês de março de 2019 pelo www.consumidor.gov.br.

FONTE: FOLHAMAX
Tecnologia do Blogger.