Veículo roubado em Nobres foi recuperados na fronteira de Mato Grosso

Três caminhonetes foram recuperadas por policiais do Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) neste final de semana. As ações repressivas do grupamento nos 983 km de extensão do Brasil com a Bolívia resultaram na recuperação de 52 veículos nos três primeiros meses de 2019.

A primeira ação aconteceu no final da tarde de sexta-feira (05.04), no posto Marfil (base do Indea na região). Durante abordagem, os policiais checaram a placa de uma caminhonete F-350, que constatou um Boletim de Ocorrência (BO) por furto, no município de Nobres (a 124 km de Cuiabá).

Já na madrugada de sábado (06.04), no município de Cáceres (a 234 km de Cuiabá), os policiais observaram a atitude suspeita de uma dupla que estava em uma caminhonete Hilux. Ao determinar a parada do veículo, os dois homens tentaram fugir, mas foram contidos pelos policiais. Ao consultar a placa do carro, foi constatado que o mesmo havia sido roubado na última quinta-feira (04.04), em Cuiabá. Os dois homens foram presos.

Também em Cáceres, na região de Roça Velha, na madrugada de domingo (07.04), os policiais encontraram uma caminhonete S10 abandonada. Ao checar a placa, a mesma não conferia com o chassi do veículo. Uma nova checagem foi realizada, desta vez, utilizando o número do chassi e foi constatado que o veículo estava com a placa adulterada, cujo carro era do município de Tangará da Serra (a 245 km de Cuiabá) e continha um Boletim de Ocorrência por roubo.

O coordenador do Gefron, tenente-coronel PM José Nildo de Oliveira, destacou que as ações repressivas e preventivas na faixa de fronteira têm sido importantes no enfrentamento à criminalidade.

“Nosso grupamento tem atuado fortemente na fronteira para impedir o êxito nos crimes transfronteiriços. Muitos veículos roubados ou furtados nos municípios do Estado têm como destino a Bolívia, que vai servir de troca por drogas”, enfatizou.

Mais resultados

Nos três primeiros meses do ano, o Gefron já registrou 52 ocorrências e apreendeu mais de uma tonelada de drogas. Outras quatro pessoas foram presas por mandados de prisão em aberto, quatro armas e 149 munições foram apreendidas.

O Gefron passou a operar na repressão aos crimes na fronteira em 13 de março de 2002. Ao todo, 140 policiais realizam patrulhamentos pelas rodovias, estradas vicinais, operações, barreiras fixas e volantes na repressão ao tráfico de drogas, contrabando e descaminho de bens e valores, evasão de divisas e roubos de veículos.

A base operacional do Grupamento fica no município Porto Esperidião. Outros pontos de fiscalização estão distribuídos na região do Matão (no município de Pontes e Lacerda), Vila Cardoso, Avião Caído (em Cáceres), Canil Integrado (Cáceres), além da sede administrativa que fica na Sesp, em Cuiabá.

FONTE: CENARIO MT

Tecnologia do Blogger.