Homem é preso por promover rinhas de galo; 60 aves foram apreendidas

FOTO: TVCA
Juvenal Lopes de Barros Filho, de 34 anos, foi preso em Tangará da Serra (242 km de Cuiabá), na quinta-feira (09) por promover rinha de galo.  A prisão ocorreu por operação da Polícia Ambiental e Secretaria de Meio Ambiente (Sema), que também apreendeu 60 galos e aves usados na luta.

O homem é dono do imóvel onde estavam os galos e outras aves. Juvenal negou que organizasse rinhas e argumentou que cria os animais para venda.

No entanto, além dos animais, os policiais encontraram materiais usados nas disputas ilegais. De acordo com a polícia, havia sinais de maus-tratos das aves.

Um ringue, seringas e outros materiais foram apreendidos na casa. Foram encontrados 34 pintinhos, 14 galos, seis galinhas, quatro garnisés e um canário com anilhá, presos em jaulas separadas com esporas cortadas.

A abordagem se deu após denúncia feita à Sema.

A rinha de galo é crime. Juvenal foi encaminhado à delegacia da Polícia Civil e vai responder por maus-tratos aos animais.

FONTE: REPÓRTER MT

Nenhum comentário

'; (function() { var dsq = document.createElement('script'); dsq.type = 'text/javascript'; dsq.async = true; dsq.src = '//' + disqus_shortname + '.disqus.com/embed.js'; (document.getElementsByTagName('head')[0] || document.getElementsByTagName('body')[0]).appendChild(dsq); })();
Tecnologia do Blogger.