Mulher de pastor simula sequestro para fugir com amante usuário de drogas

Polícia Militar de Tangará da Serra abordou mulher e amante na rodoviária de Tangará da Serra.
FOTO: REPRODUÇÃO.
Uma mulher simulou que foi sequestrada com o filho, de 1 ano e 4 meses, para fugir com o amante. O caso foi registrado no sábado (25), na comunidade do Caramujo, em Cáceres (225 km de Cuiabá).

O suposto sequestro foi relatado pelo marido, um pastor evangélico. No sábado, por volta do meio-dia, ele chegou em casa e não encontrou a esposa e o filho. Uma vizinha lhe informou que viu a mulher dirigindo o carro, um Volkswagen Voyage, em alta velocidade, pelas ruas do bairro.

Ao ligar no celular dela, a mulher disse que estava numa Praça de Cuiabá e que havia sido sequestrada, com o filho, por um rapaz identificado como Douglas, que seria usuário de drogas - conforme o boletim de ocorrência  - e já tinha feito alguns serviços na casa do pastor.

Numa segunda ligação, a esposa contou que Douglas "estava muito louco" e que eles estavam na cidade de Jangada. O pastor então decidiu acionar a polícia.

A mulher com a criança e o amante foram localizados no domingo (26), dentro do Voyage, nas proximidades da rodoviária de Tangará da Serra (293 km de Cuiabá).

Ao ser questionada pelos policiais, a então vítima do suposto sequestro, acabou confessando que tinha um caso extraconjugal e que os dois fugiram para morar em outra cidade.

Diante do relato, ambos foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil para as devidas providências.

FONTE: MARCIO CAMILO
DO REPÓRTER MT
Tecnologia do Blogger.