Mulher é asfixiada e agredida pelo namorado em praça após briga por mensagem em celular

Imagem ilustrativa
Uma mulher de 37 anos registrou um boletim de ocorrências contra o seu companheiro, identificado como A.A.C.S., 32 anos, na madrugada desta quinta-feira (16), acusando-o de tê-la agredido após uma discussão na Praça Popular, em Cuiabá. Ela teria visto uma mensagem no celular dele, o que teria iniciado a discussão. No carro, ela terá sido agredida com um tapa e ele ainda teria tentado asfixiá-la.

Conforme as informações do boletim de ocorrências, a vítima estava com o acusado no Ditado Popular, na Praça Popular, quando ela teria visto uma mensagem de texto no celular do homem, que teria se irritado e ficou bastante agressivo. Os dois então seguiram até o veículo, onde tiveram uma discussão.

Logo depois, o suspeito teria começado a agredir a mulher, com um tapa no seu rosto. Na sequência, ainda conforme o boletim de ocorrências, o homem segurou o pescoço da vítima e começou a asfixiá-la.

Porém, o homem parou com a esganadura e os dois seguiram até a casa deles, onde as agressões físicas continuaram. A mulher então solicitou um transporte através de aplicativo e seguiu até a delegacia, onde registrou a ocorrência.

Na Central de Flagrantes, a vítima contou que já foi agredida outras vezes, mas não fez a comunicação do fato, por estar sendo coagida pelo acusado. O caso é investigado pela Polícia Civil.

Ao Olhar Direto, o acusado disse que não tinha conhecimento da acusação e preferiu não se pronunciar sobre o assunto. 

FONTE: OLHAR DIRETO
Tecnologia do Blogger.