FOTO: PJC / MT
A Polícia Civil de Sorriso (442 km ao Norte) prendeu, na segunda-feira (27.05), um homem que se passou por policial e ameaçou pai e filho, com uma arma de fogo, após quase atropelar as vítimas no município.

O suspeito, L. D., 28, foi encontrado em seu local de trabalho e responderá pelo crime de porte ilegal de arma de fogo permitido. A ação resultou na apreensão de uma arma e munições.

O crime aconteceu no domingo (26), na Avenida Blumenau, região central de Sorriso. Na ocasião, o suspeito conduzia um veículo Volkswagem Polo e quase atropelou pai e filho. Diante das reclamações e gritos das vítimas, o jovem desceu do veículo com uma pistola na mão e muito alterado começou a ameaçar todos que estavam no local.

Entre as ameaças, o suspeito dizia que era policial e que mataria as vítimas, chegando a colocar a pistola na cabeça do pai de família.

Assim que foram notificados da ocorrência, o delegado titular da Delegacia de Sorriso, André Eduardo Ribeiro, determinou que as equipes dos núcleos de investigação da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf), Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), e Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) iniciassem as diligências para identificação  do suspeito.

Com base nos levantamentos, as equipes policiais conseguiram localizar o investigado em seu local de trabalho. Questionado, ele confessou ter uma pistola calibre 380, registrada em seu nome. A arma foi apreendida junto a três carregadores e 11 munições intactas do mesmo calibre.

Ele foi conduzido a Delegacia de Sorriso, onde após ser interrogado responderá por porte ilegal de arma de fogo.

DA REDAÇÃO
Postagem Anterior Próxima Postagem