Promotores de Justiça de Rosário Oeste e região participam da sétima reunião da Comissão

Cerca de 40 promotores de Justiça de Cuiabá, Chapada dos Guimarães, Nobres, Poconé, Rosário Oeste e Várzea Grande participaram nesta segunda-feira (27), da reunião promovida pela Comissão de Apoio Institucional. O encontro aconteceu no anexo da Procuradoria-Geral de Justiça. Essa foi a sétima reunião, desde que a Comissão de Apoio Institucional foi instituída, em março deste ano.

A promotora de Justiça Regilaine Magali Bernardi Crepaldi, de Várzea Grande, destacou a oportunidade de trocar ideias com diversos membros e com a administração superior sobre os rumos da instituição. A iniciativa também foi elogiada pela promotora de Justiça Luane Rodrigues Bomfim, de Rosário Oeste.

“A reunião foi muito positiva, a iniciativa é louvável por nos dar voz enquanto colegas promotores, principalmente do interior. É a oportunidade que temos de passar demandas, conhecer os novos projetos e planos da administração para a instituição, como também solicitar esclarecimentos”, acrescentou.

O promotor de Justiça Vinícius Gahyva Martins, de Cuiabá, também falou sobre a importância da aproximação. “Fala-se muito em democratização e gestão participativa, e, com esses mecanismos e essa metodologia que estão sendo adotados pela atual gestão, estamos atingindo esse objetivo que era de toda a classe no sentido de termos maior voz e participarmos mais das decisões da administração superior do Ministério Público”, enfatizou.

“Já estamos movimentando a máquina para trazer soluções para as questões administrativas e institucionais levantadas por região e no próximo semestre voltaremos com essa reunião para avaliar os resultados”, afirmou o procurador-geral de Justiça de Mato Grosso, José Antônio Borges Pereira.

Conforme o chefe do MPMT, o encontro foi bastante produtivo por “oportunizar que os colegas trouxessem demandas e necessidades, bem como que os chefes de departamentos da Procuradoria-Geral de Justiça apresentassem projetos em andamento e novas perspectivas”.

INTERLOCUÇÃO – A Comissão de Apoio Institucional foi instituída em março, com o objetivo de promover uma interlocução mais eficaz entre todas as unidades da instituição. As reuniões foram realizadas em Rondonópolis, Cáceres, Alta Floresta, Sorriso, Juína e Tangará da Serra. O próximo encontro acontecerá em Barra do Garças.

Em Cuiabá, além dos membros convocados participaram a subprocuradora-geral de Justiça Administrativa, Eunice Helena Rodrigues de Barros, o subprocurador-geral de Justiça Jurídico e Institucional, Deosdete Cruz Júnior, o secretário-geral do MPMT, promotor de Justiça Milton Mattos da Silveira Neto, as promotoras de Justiça auxiliares da PGJ Claire Vogel Dutra e Hellen Uliam Kuriki, e a diretora-geral Cláudia Di Giácomo Mariano. As apresentações foram realizadas pelos departamentos de Tecnologia da Informação, Apoio Administrativo, Engenharia, Comunicação e Gabinete de Segurança Institucional.

FONTE: O DOCUMENTO
Tecnologia do Blogger.