Foto: Polícia Civil de Mato Grosso/Divulgação
Uma quadrilha investigada por vender armas e munições para pagar advogados de criminosos presos é alvo de uma operação nesta quarta-feira (29) em Pontes e Lacerda e no distrito de Adrianópolis, em Vale de São Domingos, municípios a 483 e 491 km de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, a 'operação 5º mandamento' deve cumprir 9 mandados de busca e apreensão domiciliar.

Foram apreendidos R$ 12 mil, 60 caixas de cigarro contrabandeado e uma espingarda.

A investigação apura crimes de posse ilegal de arma de fogo e munições. O grupo vendia os armamentos para conseguir pagar os serviços de advogados dos investigados presos através da operação 'Luger'.

A operação 5º mandamento é um desdobramento da operação Luger, que identificou e prendeu uma quadrilha especializada em crimes contra a vida.

'Luger' esclareceu a autoria de, pelo menos, sete mortes, inclusive de uma criança de 2 anos de idade, ocorridas na cidade de Pontes e Lacerda, entre os anos de 2016 a 2018.

A operação 5º mandamento faz menção ao mandamento bíblico 'não matarás'.

FONTE: G1 MT
Postagem Anterior Próxima Postagem