Helicóptero retira corpo de funcionário de concessionária que se matou no Portão do Inferno

REPRODUÇÃO
A aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer) da Polícia Militar já conseguiu retirar o corpo de Vitor Hugo Fernandes de Jesus, morto aos 29 anos, após cair ou se jogar do despenhadeiro localizado em Chapada dos Guimarães (distante cerca de 60 quilômetros de Cuiabá), na região conhecida como Portão do Inferno. O cadáver foi encaminhado para a Politec, em Cuiabá, onde passará por exame de necropsia.

O trânsito na pista, interrompido desde a altura do Complexo do Balneário da Salgadeira desde o início da tarde, foi liberado há pouco, já ao final do dia, somente depois que equipes de resgate do Corpo de Bombeiros desceram de rapel até a base do cartão postal, onde foi localizado o ex-funcionário de uma concessionária de veículos na capital. A Polícia Judiciária Civil designou agentes e investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para apurar o caso.
Se for confirmado o suicídio, o inquérito será arquivado. Segundo as informações, Victor Hugo estava desaparecido desde a manhã de ontem, quando saiu com o carro da concessionária de motos Canopus em que trabalhava. Na manhã de hoje, a Polícia Militar recebeu a informação de que uma pessoa havia se jogado no Portão do Inferno nesta madrugada por volta das 2h40.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e encontrou o corpo. Foi necessário acionar o Ciopaer para retirar o cadáver.

REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO
REPRODUÇÃO
FONTE: RODIVALDO RIBEIRO
DO FOLHAMAX
Tecnologia do Blogger.