Foto: Facebook/Reprodução
Uma assistente social foi morta na noite dessa segunda-feira (1º) ao ser abordada por um assaltante quando chegava de carro em casa em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

Segundo a polícia, a vítima foi identificada como Sandra Siqueira Travaína, de 47 anos.

Sandra, ao perceber o assalto, apertou a buzina do carro para chamar a atenção do marido dela, que estava dentro da residência. O ladrão se assustou e atirou contra a vítima.

A tentativa de assalto ocorreu por volta de 22h no Bairro Nova Várzea Grande. Sandra estava com a filha, de 16 anos, e a irmã dela.

A assistente social dirigia o carro e parou na garagem, abrindo o portão. Um assaltante se aproximou e entrou junto com o veículo na casa. Ele bateu no vidro do carro, usando uma arma, e anunciou o assalto.

Sandra começou a buzinar como forma de chamar a atenção do marido dela, para alertar sobre o assalto. O ladrão disparou e fugiu. O tiro atingiu o rosto da vítima, entre a boca e o nariz.

A família levou a vítima ao Pronto-Socorro Municipal de Várzea Grande (PSMVG), mas ela não resistiu e morreu durante o atendimento.

Foto: TV Centro América
Testemunhas disseram que outros dois assaltantes estavam perto da casa e ajudaram o ladrão a fugir. A casa conta com câmeras de segurança e as imagens já foram entregues à polícia. O caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

Nenhum suspeito foi identificado ou preso até esta terça-feira (2).

Sandra foi candidata a vereadora pelo Partido Humanista da Solidariedade (PHS) nas eleições municipais de 2016.

Atualmente ela trabalhava na Secretaria de Desenvolvimento Econômico da Prefeitura de Várzea Grande.

O velório está previsto no Cemitério Recanto da Paz, em Várzea Grande.

FONTE: G1 MT
Postagem Anterior Próxima Postagem