Soldado Silviana Carvalhais morreu nesta quarta-feira. REPRODUÇÃO
A Policial Militar (PM), Silvana Carvalhais, 30 anos, morreu, no final da manhã desta quarta-feira (17), após cometer suicídio, em casa, com um tiro disparado contra a própria cabeça.  O caso foi registrado no município de Juruena  (912 km da Capital), onde ela morava e atuava.

A arma usada era de propriedade particular da policial.

Silvana, que entrou para a Polícia Militar em 2015, era divorciada e deixa uma filha, ainda criança, que estaria com o pai.

Peça ajuda

O Centro de Valorização a Vida (CVV) tem realizado em Cuiabá, todas às quintas-feiras, reuniões com sobreviventes ao suicídio e seus familiares. Assim como parentes de pessoas que se mataram.

Também passou a ser gratuitas as ligações feitas ao número 188. Canal de atendimento 24 horas.

FONTE: MÁRIO ANDREAZZA
DO REPÓRTER MT
Postagem Anterior Próxima Postagem