Suspeito de pedofilia é preso após aliciar adolescente através de mensagens

ilustrativa
Um homem acusado de aliciar uma adolescente de 13 anos através de um aplicativo de mensagens foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na quinta-feira (01.08), após ser descoberto em Barra do Bugres (168 km a Médio-Norte). O suspeito, J.B.S, 27, foi flagrado no momento em que se encontrava com a menor em um mercado da cidade.

As investigações iniciaram após uma denúncia, feita pela mãe da menor, relatando que o suspeito vinha aliciando sua filha através de mensagens trocadas pelo aplicativo WhatsApp.

Com base nas informações, a equipe da Polícia Civil de Barra do Bugres passou a monitorar o suspeito, que na quinta-feira (01), marcou um encontro com a vítima em um supermercado da cidade, ocasião em que foi realizada sua prisão.

Em checagem ao aparelho celular do suspeito, foram encontradas diversos grupos em redes sociais, em que os membros compartilham vídeos e imagens pornográficas envolvendo menores de idade.

Diante dos evidências, após ser interrogado, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, previsto no artigo 241-B di Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

De acordo com o delegado de Barra do Bugres, Renato Resende, o suspeito possui inúmeras passagens anteriores e já foi condenado por estupro de vulnerável. “Ele tem antecedentes por estelionato e por estupro de vulnerável, crime previsto no artigo 217-A do Código Penal, que é manter relação sexual ou praticar outro ato libidinoso com menor de quatorze anos, possuindo condenação por este crime”, destacou.

DA REDAÇÃO
Tecnologia do Blogger.