Foto: Polícia Civil
Um esquema de furto de energia foi descoberto em um garimpo, na região do Bairro Vila Sadia, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, nesta terça-feira (6).

A Polícia Civil prendeu em flagrante um dos proprietários do garimpo por furto de energia.

O suspeito foi conduzido à delegacia, onde após ser formalmente interrogado foi autuado em flagrante pelo crime de furto de energia, sendo arbitrada a fiança de R$ 40 mil. A fiança foi paga pelo suspeito que responderá pelo crime em liberdade.

As investigações começaram após denúncia sobre uma propriedade agrícola onde estaria ocorrendo o crime de furto de energia.

Com base na denúncia, os policiais, acompanhados das equipes da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) e da Energisa foram até o local, e constataram a perda considerável de energia.

De acordo com as verificações, uma rede trifásica estava direcionada para o interior do garimpo, porém no sistema da Energisa estava registrado apenas uma ligação monofásica no local, sendo constatada a prática ilícita.

O sócio-proprietário do garimpo estava no local e afirmou que contratou uma empresa para instalar toda a rede elétrica e também para dar entrada na autorização de funcionamento na Energisa, porém o procedimento ainda estava em andamento administrativo.

De acordo com o delegado, Guilherme Bertoli, o sócio-proprietário sabia que estava utilizando a energia de maneira ilícita, uma vez que a rede trifásica instalada sem autorização de funcionamento roubava energia elétrica e alimentava os geradores do garimpo, sem qualquer medição.

FONTE: G1 MT
Postagem Anterior Próxima Postagem