REPRODUÇÃO
A esposa do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB), Lidiane Campos atropelou uma família, que estava em uma moto, e causou a morte de um menino de três anos, na noite de domingo (11), no Centro de Rondonópolis (212 km de Cuiabá).

Lidiane fugiu do local e abandonou a caminhonete Toyota Hilux SW4 que dirigia. A frente do veículo ficou destruída, indicando que foi grande o impacto do atropelamento, que ocorreu em um cruzamento.

Lidiane teria avançado a preferencial e um sinal vermelho quando atingiu as vítimas. 

Ao site Notícias de Mato Grosso, Sachetti comentou o caso. “É uma notícia que nos deixa profundamente tristes. Algo terrível que ninguém nesta vida imagina ter de passar. Temos pessoas de nossa confiança cuidando de tudo que é possível fazer no hospital, neste momento, e daremos o suporte que for necessário à família. Lidiane, com toda certeza, assim como os familiares da criança, também está vivendo o pior dia de sua vida”, disse.

O casal segue sob cuidados médicos.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Deletran) acompanha a situação.

FONTE: RAUL BRADOCK
DO REPÓRTER MT
Postagem Anterior Próxima Postagem