© EFE
Com a derrota de virada por 2 a 1 para o Grêmio, que custou a eliminação na Libertadores, na última terça-feira, o Palmeiras desperdiçou a chance de faturar alto com premiações do torneio continental, pagas tanto pela Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) quanto pela patrocinadora Crefisa.

Segundo levantamento de Jorge Nicola, comentarista da ESPN, em seu blog no portal Yahoo!, o Verdão tinha a possibilidade de embolsar R$ 73,2 milhões com bônus até o fim da competição internacional.

Além disso, com a bilheteria da semifinal, o Palmeiras ainda teria pelo menos mais R$ 2 milhões líquidos com casa cheia no Allianz Parque.

Mas os valores ficam ainda mais pesados na finalíssima.

Ao todo, o campeão da Libertadores receberá US$ 12 milhões (R$ 49,5 milhões) pelo triunfo na decisão - valor também pago pela Conmebol.

A bilheteria da final, nas contas do próprio Palmeiras, seria de pelo menos R$ 2,5 milhões, livres de impostos.

Além dos R$ 9,2 milhões das semifinais e dos R$ 52 milhões do título, o Palmeiras também deixou de embolsar R$ 12 milhões da Crefisa - no contrato com a patrocinadora, há a previsão desse bônus em caso de volta olímpica no torneio sul-americano.

Veja as premiações desperdiçadas:

- Vaga na semifinal: R$ 7,2 milhões (pago pela Conmebol)

- Bilheteria da semifinal: R$ 2 milhões

- Título: R$ 49,5 milhões (pago pela Conmebol)

- Bilheteria da final: R$ 2,5 milhões

- Prêmio da Crefisa: R$ 12 milhões (pelo título)

TOTAL: R$ 73,2 milhões

Sem a Libertadores, o Palmeiras agora tenta juntar os cacos e se concentrar na busca por mais uma conquista do Campeonato Brasileiro.

No domingo, o time paulista joga contra o Flamengo, no Rio de Janeiro, em duelo decisivo na briga pela liderança.

FONTE: ESPN
Postagem Anterior Próxima Postagem