Sofre com a rinite alérgica? 7 alimentos que ajudam a diminuir os sintomas

DIVULGAÇÃO
A rinite alérgica pode ser caracterizada como uma inflamação da mucosa nasal que é induzida pela exposição a alérgenos, que são substâncias que causam uma reação alérgica com resposta inflamatória. Esse problema de saúde gera sintomas como tosse, congestão nasal, espirros, inchaços, coceira no nariz e olheiras.

Pessoas com rinite podem ter uma resposta exagerada a certos alimentos ou aditivos presentes em sua composição. Esta reação a estímulos envolve a ação de substâncias como histamina, metacolina e capsaicina sobre os tecidos nasais que levam aos sintomas.

Escolher os alimentos corretos pode fazer toda a diferença para tornar o organismo mais resistente a inflamações e contribui para estabilizar os sintomas. Por isso, indicamos, a seguir, os principais alimentos que ajudam quem tem rinite alérgica a diminuir esse processo inflamatório ou o que evitar consumir para afastar as crises.

A lista foi elaborada por Hugo Leite, otorrinolaringologista e professor da Unirio (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro), Marcelo Mello otorrinolaringologista do hospital CEMA, Nayara Oliveira, nutróloga do Hospital Alemão Oswaldo Cruz e Luciana Perdiz, nutricionista e coordenadora do serviço de nutrição do Hospital Samaritano de Botafogo (RJ).

Coloque no prato

Abacaxi

A fruta contém uma enzima chamada bromelina, que possui ação mucolítica, ou seja, ajuda a dissolver o muco ou o catarro. Essa substância presente no abacaxi alivia a congestão causada pela rinite. Sendo assim, diminui os sintomas de dor de cabeça e nariz entupido. A bromelina encontra-se em maior quantidade no miolo do abacaxi, a parte central e mais firme da fruta. Além disso, o abacaxi contém vitamina C, que ajuda a combater inflamações, e bastante água, aumentando a hidratação do corpo e diminuindo as crises de rinite.

Alho

O tempero é considerado um anti-inflamatório natural que ajuda a melhorar o sistema imunológico, elimina toxinas e combate os sintomas da rinite. O alho também possui ação expectorante e descongestionante devido a uma substância chamada alicina.

Cúrcuma

Conhecida também como açafrão-da-terra, a cúrcuma é um potente alimento anti-inflamatório que ajuda a aliviar os sintomas de inflamação e minimizar o inchaço e a irritação causados pela rinite alérgica. O condimento é rico em curcuminoides, que são substâncias anti-inflamatórias, e aumenta a imunidade, o que torna o organismo mais resistente às alergias respiratórias.

Mel

O alimento se destaca por possuir propriedades bactericidas, anti-inflamatórias e fungicidas, além de ajudar na expectoração. O consumo deve ser moderado por ser bastante calórico. A quantidade recomendada é apenas uma colher por dia.

Maçã

Os polifenois presentes da maçã são eficazes no alívio dos sintomas da rinite alérgica. Além disso uma substância chamada quercetina, presente na fruta, estabiliza as membranas celulares e as impede de liberar histamina --que inicia uma resposta inflamatória no organismo. A maçã também possui propriedades que melhoram o sistema imunológico e a pectina ajuda a remover as toxinas do organismo. Uma fruta por dia já é suficiente para desfrutar dos benefícios.

Peixes

Os peixes de água fria como salmão, atum e sardinha têm ômega 3, que protegem as vias aéreas e ajudam a combater as inflamações. Esse tipo de gordura funciona como anti-inflamatório e antioxidante e fortalece o sistema imunológico, o que pode ajudar a diminuir o risco de crises de rinite.

Gengibre

Por possuir propriedades descongestionantes, o consumo de gengibre ajuda a limpar as vias respiratórias das secreções, bastante frequentes em pessoas com rinite. O alimento também possui propriedades expectorantes e substâncias anti-inflamatórias, o que ajuda a diminuir os sintomas da doença.

FONTE: UOL
Tecnologia do Blogger.