Foto: Church Open Door
Nesse mês iniciamos a campanha “Setembro Amarelo”, movimento de prevenção ao suicídio criado pelo Conselho Federal de Medicina e apoiado por diversos órgãos que atuam na área de saúde mental e de valorização da vida, como o CVV, por exemplo.

Segundo a Associação Brasileira de Psiquiatria (ABP), 96,8% dos casos de morte por suicídio são causados por transtornos mentais, sendo que entre 50 a 60% dessas vítimas nunca passaram por um atendimento de um profissional de saúde mental.

Nos sites abaixo relacionados, você poderá encontrar mais informações sobre o tema. Mas eu quero chamar a sua atenção para o papel que a igreja pode e deve desempenhar, não só durante o mês de setembro, mas ao longo do ano no cuidado constante com as pessoas.

O mote da campanha de 2019 é: “Combater o estigma é salvar vidas”.

Por que adotaram esse mote? Porque existe em nossa sociedade, e por extensão em algumas igrejas, um preconceito social quanto aquilo que se convencionou chamar de doença mental. Ora, não é raro encontrarmos pessoas que afirmam categoricamente que “crente não se deprime”. Aqueles que, como eu se dedicaram ao aconselhamento pastoral, sabem que não é verdade. Isso acontece, chegando a limites extremos, como os casos de suicídios de pastores, de pastoras, de líderes, que chegam ao nosso conhecimento trazendo grande comoção e espanto.

Mais do que combater dentro de nossas comunidades esse preconceito, é importante um trabalho contínuo de conscientização e, se possível, de capacitação da equipe ministerial para que estejamos sensíveis aos sinais e demandas de quem sofre com essa “ideação suicida”, depressão e outras modalidades de sofrimento psíquico. Um fato que tem chamado muito a atenção é o crescimento desses casos em crianças e adolescentes.

Talvez pudéssemos usar a figura de uma brigada de incêndios ou de primeiros socorros. Pois, tanto em um caso quanto o outro, embora o membro de sua equipe ministerial não seja bombeiro ou terapeuta, uma noção básica e o treinamento adequado pode literalmente salvar vidas.

Promova palestras, conscientize e capacite sua equipe para estarem prontas para acolher pessoas e encaminhá-las, sempre que necessário para serem atendidas por um profissional.

Setembro Amarelo - Prevenção ao Suicídio - Brasil

Setembro Amarelo, mês de prevenção do suicídio - CVV - Centro de Valorização da Vida:
https://www.cvv.org.br › setembro-amarelo-mes-de-prevencao-do-suicidio

Por Eduardo Silva é Teólogo, Psicanalista e Pós-Graduado em Teoria Psicanalítica. Atende na Clínica de Psicanálise em São Paulo. Promove seminários sobre saúde emocional, relações afetivas, sobre crianças e adolescentes no mundo contemporâneo e curso para formação e treinamento de conselheiros. É um dos idealizadores do Grupo de Estudos sobre “Religião, Laço Social e Psicanálise”, que reúne pesquisadores da USP, PUC e Universidade Metodista entre outras.

* O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do site ROSARIONEWS.
Postagem Anterior Próxima Postagem