REPRODUÇÃO
Quatro ladrões foram presos em flagrante após invadirem uma residência e manter a família refém por pelo menos uma hora no bairro Cristo Rei, em Cáceres a 223 km de Cuiabá.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o caso foi registrado no início da manhã deste sábado (14), quando a vítima estava na varanda da casa da sua genitora quando repentinamente adentrou na residência três indivíduos anunciando o assalto, todos que estavam na residência foram colocados todos dentro de um cômodo da casa, e uma das vítimas foi amarrada dentro do banheiro.

Os criminosos reviraram a casa em busca de pertences, e de dinheiro das vítimas, foram levados do local um par de aliança, um aparador, dois anéis de ouro, um aparelho celular Iphone de cor rosa, e uma quantia em dinheiro das vítimas.

Os policiais militares no encalço dos suspeitos encontraram dois mototaxistas que levavam dois passageiros com as mesmas características dos suspeitos, ambos foram parados e foi confirmando com sendo os responsáveis pelo assalto a residência no bairro Cristo Rei. Na posse de um dos suspeitos foi encontrado a arma do assalto. Foram presos I. A. S. C. (22 anos) J. H. C. C. M. (19 anos) ambos da cidade de Várzea Grande.

$ads={2}

Os suspeitos disseram aos policiais que mais dois comparsas estariam em uma residência no bairro Morada do Sol, local onde seria o ponto de apoio da quadrilha. No local foram presos, A. C. L. (21 anos) da cidade de Alto Paraguai e M. A. L. (18 anos) da cidade de Rosário Oeste. Os suspeitos em questão teriam efetuado o roubo de veículo na cidade de Alto Paraguai e entregue a cidadão de nacionalidade boliviana, que acabou preso pelo Gefron na fronteira com o veículo Ford Fiesta.

O dono do veículo Ford Fiesta contou aos policias do Gefron que sua família foi mantida em cárcere privado, e ele teve que vir dirigindo para os dois criminosos até a cidade de Cuiabá, quando foi liberado.

Todos foram encaminhados para a Centro Integrado de Segurança e Cidadania –CISC e autuados por sequestro, formação de quadrilha, ameaça, tentativa de roubo e cárcere privado.

Apesar das ameaças, nenhuma das vítimas ficou ferida. O caso será apurado pela Polícia Judiciária Civil.

Objetos roubados foram recuperados — Foto: PM-MT/ Divulgação
FONTE: CÁCERES NOTÍCIAS
Postagem Anterior Próxima Postagem