REPRODUÇÃO
O Parque Sesc Serra Azul, na região de Rosário Oeste, a 151 km de Cuiabá, deve ficar fechado por tempo indeterminado por causa das queimadas que atingiram a área. Cerca de 100 hectares da área de proteção foram destruídos pelo fogo, que já foi controlado.

O parque foi fechado para visitação na quinta-feira (5).

Em função da suspensão na visitação, agências de turismo e donos de pousadas citam cancelamentos de pacotes já vendidos.

Na sexta-feira (6), o fogo atingiu a Cachoeira Serra Azul, principal atrativo turístico do parque. Segundo o Sesc, em 2018 mais de 18 mil pessoas visitaram o local.

“Os demais passeios estavam liberados, mas houve bastante cancelamento porque as pessoas queriam conhecer a cachoeira. O maior prejuízo, claro, é do meio ambiente, mas é uma perda econômica para região também”, declarou Antônio Campos, dono de uma pousada.

Incêndio

O fogo teve início no domingo (1º), numa área de proteção ambiental e acabou avançando.

As chamas se alastraram rapidamente e também atingiram uma área de pastagem. Por ser uma região de morros e muito acidentada, as equipes que fazem o combate por terra enfrentam dificuldades. Devido às condições do incêndio foi solicitado reforço, que chegou ao local na quinta-feira.

Período proibitivo

Por causa ao alto índice de queimadas no estado, o governador Mauro Mendes (DEM) assinou há uma semana um decreto que prorrogou o período de proibição de queimadas até o dia 30 de novembro. Com isso, estão suspensas todas as autorizações para desmatamentos por parte da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema).

De acordo com o governador, os relatórios apresentados pelos órgãos de controle mostram que, apesar de 63% de área preservada, o desmate teve um aumento considerável, nos últimos anos.

FONTE: G1 MT
Postagem Anterior Próxima Postagem