© Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ABr
A Caixa Econômica Federal inicia nesta sexta-feira o pagamento de até R$ 500 por conta do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). O valor será depositado automaticamente para pessoas nascidas em janeiro, fevereiro, março e abril, que têm conta poupança na Caixa.

Os repasses serão feitos até 31 de março de 2020, conforme a data de nascimento dos beneficiários. Aqueles com data de aniversário em maio, junho, julho e agosto, recebem a partir do dia 27 de setembro de 2019. Para trabalhadores nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro, o pagamento será feito a partir do dia 9 de outubro de 2019.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberão o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.

Quem não tem poupança na Caixa 

Quem não possui poupança na Caixa seguirá outro cronograma de pagamento, que terá início em outubro (veja calendário abaixo). Para quem possui cartão e senha do cidadão, o saque pode ser feito nos terminais de autoatendimento. Os saques de até 100 reais poderão ser realizados em casas lotéricas, mediante apresentação de documento de identidade original com foto e número do CPF.

REPRODUÇÃO
Como consultar seu saldo do FGTS

É possível consultar o saldo do FGTS indo pessoalmente nas agências da Caixa, pela internet, por mensagem de SMS ou por aplicativo. A consulta do extrato só não é possível por atendimento telefônico.  

O trabalhador que preferir ir diretamente na agência deve ter em mãos o Cartão Cidadão e a senha. 

Já a consulta pela internet deve ser feita no site da Caixa (caixa.gov.br). Neste caso é necessário informar o NIS (Número de Identificação Social), também chamado de PIS/PASEP ou NIT e usar uma senha cadastrada pelo próprio trabalhador.  O NIS pode ser consultado nos extratos do FGTS, no Cartão Cidadão ou na própria carteira de trabalho.

Ainda no site da Caixa, o trabalhador pode optar por receber o saldo do FGTS por mensagem de SMS. Também é necessário ter o número do NIS (PIS/PASEP) e a senha cadastrada pelo próprio trabalhador ou senha Cidadão (do cartão Cidadão).  

FONTE: EXAME
Postagem Anterior Próxima Postagem