REPRODUÇÃO
Muitas vezes os alimentos não são o que parecem, principalmente os industrializados. O perigo dos alimentos ultraprocessados é alguns que parecem escolhas saudáveis, na verdade são ruins e acabamos prejudicando a saúde ao consumi-los com frequência.

Prestar atenção às informações do rótulo é essencial para saber exatamente o que se está ingerindo. Consumir alimentos ricos em gordura e sódio pode causar doenças como diabetes e hipertensão.

Veja a seguir exemplos de alimentos que não são o que parecem:

1. Cogumelos

Quem pensou que o cogumelo era uma planta, errou. Apesar de crescer no jardim, os cogumelos são fungos, seres vivos do mesmo grupo do bolor do pão e da frieira no pé.

Além de cogumelos comestíveis, como o champignon, existem cogumelos importantes para a medicina, como os que produzem o antibiótico penicilina, e cogumelos venenosos, que fazem mal à saúde mesmo depois de cozidos, causando náuseas, vômitos e alucinações.

2. Hambúrguer

O hambúrguer normalmente é feito com as sobras de carne que se acumulam ao longo dos dias, sendo rico em gorduras e estando algumas vezes até fora da validade para consumo.

O ideal é consumir hambúrguer feito em casa ou pedir que o açougueiro faça o hambúrguer com a carne que você desejar. Assim, além de um produto de qualidade, você evita o consumo dos aditivos e conservantes presentes nos hambúrgueres prontos.

3. Kani Kama

O kani kama, muito usado em sushis e pratos com frutos do mar, além de peixe também contém ovo, batata e açúcar. É rico em sal, favorecendo a retenção de líquidos e o ganho de peso.

4. Alimentos diet e light

Os alimentos diet e light nem sempre são a melhor escolha, pois para realçar o sabor e deixá-los mais gostosos, muitas vezes a indústria aumenta a quantidade de gordura e de sal, o que traz prejuizos à saúde.

5. Salsicha

Quem pensa que a salsicha é feita só de carne de vaca ou frango não poderia estar mais enganado. Ela contém de tudo: boi, frango, porco, peru, soja, fécula de batata e até aroma de fumaça. Além disso, é rica em conservantes e aditivos para realçar o sabor e aumentar o tempo de validade.

(Com informações do portal Tua Saúde.)

FONTE: METRÓPOLES
Postagem Anterior Próxima Postagem