Os policiais encontraram a carvoaria funcionando e ainda vários sacos de carvão. — Foto: Polícia Civil
Um homem foi detido em Cáceres, a 220 km de Cuiabá, por crimes contra a fauna e flora, além de serem apreendidas uma motocicleta com suspeita de adulteração veicular, uma espingarda de pressão, uma motosserra, um animal abatido, e várias munições de calibre 38 e calibre 22.

Dois mandados de busca e apreensão visando combater prática de crimes ambientais, como desmatamento e carvoaria ilegal, foram cumpridos na zona rural do município, em ação integrada deflagrada pelas forças de Segurança Pública de Mato Grosso.

O trabalho conjunto foi realizado, na sexta-feira (04), pela Polícia Civil com apoio da Polícia Militar e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), tendo como alvos das ordens judiciais endereços situados no assentamento Paiol, em Cáceres.

Os mandados de busca e apreensão domiciliar foram expedidos pela Justiça, após investigações da Polícia Civil de Cáceres, para apurar diversos furtos cometidos em chácaras e sítios na região rural da cidade. Durante as diligências, foi identificada uma área onde vinha ocorrendo desmatamento, bem como um ponto com possível funcionando de uma carvoaria ilegal.

Em posse dos mandados, as equipes foram até o local, onde durante cumprimentos foram apreendidas munições de diferentes calibres, uma motosserra, um tatu abatido, uma moto com suspeita de adulteração e uma espingarda de pressão.

Logo que chegaram a propriedade, os policiais encontraram a carvoaria funcionando e ainda vários sacos de carvão, que já estavam prontos para serem comercializados. Ao perceber a chegada das equipes, um dos suspeitos que estava no local conseguiu fugir.

Participaram da operação integrada 19 profissionais das Polícia Civil, Polícia Ambiental, Força Tática e peritos.

FONTE: G1 MT
Postagem Anterior Próxima Postagem