PM-MT
Uma quadrilha foi presa em flagrante, na última sexta-feira (04), acusada de desmatamento ilegal em uma área de domínio público, em Glória D’Oeste (a 307 km de Cuiabá).

A Polícia Militar foi até o terreno, localizado na área de uma antiga escola agrícola do Município, após uma denúncia anônima.

A testemunha afirmou aos militares que o local estava sendo usado como esconderijo de um foragido da justiça.

Na área, os policiais encontraram quatro suspeitos construindo uma cerca em uma área recém desmatada. Eles estavam com motosserras, mas não tinham registro de licença para cortar madeira.

Os criminosos cortavam as árvores para fazer lascas de cerca. Ao lado de um barracão, os militares encontraram 12 lascas de Aroeira, medindo 2 metros, e dois palanques, de aproximadamente 3 metros.

Ao serem abordados, os suspeitos afirmaram que trabalhavam para S.M., que seria responsável pelo terreno. Eles afirmaram que o proprietário pagaria R$ 50 por dia de trabalho.

Foram presos C.C. e V.R.S., ambos com 46 anos, C.D.S.O., de 25, e E.P.S., de 31 anos. O suspeito V.R.S. tinha passagem na polícia por homicídio e ameaça. Já S.M. não estava no local e não foi localizado.

Os militares apreenderam duas motosserras, uma espingarda, e carcaças de animais silvestres. A madeiras ficaram no local, pois a PM não tinha veículo para transportá-lo.

A quadrilha foi encaminhada para a 1º Delegacia de Polícia, onde foram detidos.

FONTE: MÍDIA NEWS
Postagem Anterior Próxima Postagem