Gaiolas foram apreendidas — Foto: Polícia Ambiental-MT/ Divulgação
Um homem suspeito de vender aves silvestres foi preso nessa sexta-feira (4), em Rondonópolis, a 218 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar Ambiental, a prisão foi feita com a ajuda do Juizado Volante Ambiental (Juvam).

Na casa dele, no Bairro Parque Industrial Vetorasso, foram encontrados três canários, além de 14 gaiolas e cinco armadilhas.

Ele capturava as aves, usando armadilhas, e depois as vendia para Santa Catarina.

O suspeito reunia as aves na casa dele e quando estava com uma quantidade grande entregava para o irmão que é caminhoneiro levá-las para a comercialização.

O suspeito, os pássaros e o materiais apreendidos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Civil.

O crime foi descoberto durante investigação.

Conforme a polícia, ele estava com um canarinho da terra e outros dois exóticos.

O homem de 42 anos foi multado em R$ 500 e enquadrado no Artigo 29 da Lei 9.605 de 1998, o qual prevê pena de detenção de seis meses a um ano e multa a quem matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização.

Pássaros foram resgatados — Foto: Polícia Ambiental-MT/ Divulgação
FONTE: G1 MT
Postagem Anterior Próxima Postagem