REPRODUÇÃO
Amigos e familiares de Lucas Matheus Campos Arce, 21, morto em confronto com a Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam) na ‘Estrada do Manso’, prestaram homenagens ao som de funk no Cemitério Parque Bom Jesus de Cuiabá. Ele e outros quatro criminosos morreram na quarta-feira (30). Todos foram enterrados no mesmo cemitério.

Como apontam os vídeos abaixo, amigos e familiares dançam ao som de músicas de cantores como Kevin O Chris e do Mc Poze do Rodo, que foi preso em Mato Grosso durante uma festa atribuída ao Comando Vermelho, mas já se encontra em liberdade. Segundo um dos funcionários do cemitério ao Olhar Direto, a situação foi controlada momentos depois.

Os homens que morreram na quarta-feira estavam em um veículo modelo Gol e reagiram à tentativa de abordagem dos policiais. No primeiro momento, três desceram do carro, com armas em punho, apontando na direção dos policiais e não respeitaram a ordem para que jogassem as armas no chão. 

$ads={2}
O mesmo veículo, com dois ocupantes, fugiu do local e foi interceptado 100 metros depois por outra equipe da Rondas Ostensivas Tático Móvel (Rotam). Mais uma vez, os bandidos reagiram. Dois desceram apontando em direção aos PMs, que efetuaram os disparos.

Os mortos foram identificados como: Vanderson da Conceição Ferreira, 33 Anos; Lucas Matheus Campos Arce, 21; Kelvin Dias Nascimento, 23; Bryan Christian Rodrigues Pinheiro, 19; e Francisco Junior de Carvalho, 32.

Francisco tinha três passagens por roubo, duas por furto, uma por posse ou porte de arma de fogo e outra por homicídio ou tentativa. Lucas Matheus tem duas passagens por roubo, enquanto que Kelvin Dias ainda não tinha nenhuma.

Bryan tem diversas passagens por porte de arma, furto, resistência, desobediência, entre outros. Além disto, quando menor, respondeu a 15 atos infracionais. Vanderson já foi fichado duas vezes por tráfico, a mesma quantidade por homicídio, falso testemunho, roubo e furto.






  

FONTE: OLHAR DIRETO
Postagem Anterior Próxima Postagem