EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO
O Palmeiras teve tudo para voltar a reduzir a vantagem em relação ao líder Flamengo para cinco pontos na noite deste sábado (09/11/2019). Gustavo Scarpa cobrou pênalti aos 31 minutos do segundo tempo, mas o goleiro Walter defendeu. O erro do meio-campista palmeirense por pouco não custou ainda mais caro, já que Michel marcou para o Corinthians aos 46. Dois minutos depois, Bruno Henrique deixou tudo igual e determinou o 1 x 1 no Pacaembu.

O resultado no clássico contra o Corinthians permite que o líder do Brasileirão possa terminar a 32ª rodada 10 pontos à frente no Brasileirão.

Com o ponto somado, o Palmeiras chegou aos 67 e permanece na vice-liderança da competição, seguido pelo Santos, com 64. O Flamengo entra em campo neste domingo (10/11/2019) contra o Bahia, no Maracanã.

$ads={2}
O lance mais polêmico da partida foi exatamente o pênalti marcado a favor do Palmeiras. Após escanteio cobrado por Dudu, o zagueiro Gomez cabeceou e a bola bateu no braço de Manoel. O árbitro deixou o lance seguir, mas o VAR orientou a revisão da jogada. Após rever o lance em mais ângulos, o juiz Vinícius Dias Araújo apitou a penalidade.

Na próxima rodada, o Palmeiras vai até Salvador enfrentar o Bahia. A partida está marcada para domingo (17/11/2019), a partir das 16h, na Fonte Nova.

O Corinthians voltará ao encontro de sua torcida também no domingo, às 16h. O time comandado por Dyego Coelho recene o Internacional, do técnico Zé Ricardo.

FONTE: METRÓPOLES

Postagem Anterior Próxima Postagem