12 Dicas para cuidar de sua saúde mental durante a pandemia do COVID-19

FOTO: PIXABAY
Com todas as mídias sociais e as pessoas falando de apenas um assunto, o medo e o pânico começam a tomar conta da sociedade.

Desde que Organização Mundial da Saúde declarou o surto de COVID-19 uma pandemia, as notícias sobre a doença se tornaram o principal assunto no Brasil e no mundo, o que é necessário, já que as pessoas precisam de fatos para se protegerem da infecção, mas a sobrecarga de informações pode estimular uma preocupação excessiva.

Dra. Sheila Jowsey-Gregoire, psiquiatra da Mayo Clinic, afirma que a ansiedade pode aumentar quando as pessoas sentem que uma situação está fora de controle e quando os rumores se espalham.

“Muitas situações únicas vão surgir e precisam ser estudadas caso a caso”, aponta a Dra. Jowsey-Gregoire. “Usar a resolução de problemas e a flexibilidade como estratégias-chave de enfrentamento, em vez de confiar no enfrentamento emocional, como raiva e desespero, ajudará você a sentir e estar no controle”.

Para acalmar a população, a Dra. Jowsey-Gregoire separou 12 dicas sobre o que fazer quando a preocupação com o coronavírus se torna perturbadora demais:

● Limite a exposição à mídia.

● Evite ficar acordado até tarde monitorando as notícias.

● Quando você for ler as notícias, não deixe de procurar fontes confiáveis

● Conecte-se com amigos e familiares para obter suporte via rede social ou telefone.

● Medite, alongue-se ou pratique exercícios de respiração profunda.

● Faça atividades que você goste.

● Seja otimista.

● Faça uma dieta saudável.

● Faça algum exercício.

● Evite recorrer a drogas ou álcool para lidar com a situação.

● Use sua bússola moral ou escolha espiritual para apoio.

● Lembre-se de que estes sentimentos fortes desaparecerão

“Usar sua rede de suporte para pensar idéias sobre como resolver problemas e ajudar a aliviar a tensão também é importante”, afirma a Dra. Jowsey-Gregoire. “Cuidado para não reagir aos rumores para garantir que você não esteja se preocupando com informações que não sejam uma avaliação precisa do que realmente está acontecendo. Evite espalhar boatos também”.

Além disso, Jowsey-Gregoire listou sinais importantes que mostram que é hora de entrar em contato com algum profissional. Entre em contato com seu médico se tiver:

● Dificuldade em dormir

● Mudanças nos padrões alimentares

● Dificuldade em se concentrar em tarefas normais

● Sentimentos de desamparo, desesperança, tristeza prolongada ou preocupação avassaladora

FONTE: JETSS.COM