Comando Vermelho diz que coronavírus é inimigo e decreta toque de recolher

RepórterMT/Reprodução
Há uma semana circula nas redes sociais um comunicado, supostamente da facção Comando Vermelho (CV), endereçada aos seus membros do grupo criminoso, decretando “toque de recolher na quebrada”.

A facção aponta que o maior inimigo agora é o coronavírus e que seus membros mantenham a ordem e as pessoas em casa, nos bairros que atuam.

O CV afirma que a Capital teve diversos casos registrados e determina um toque de recolher.

"Meus irmãos, já temos muitos casos aqui em Cuiabá e região metropolitana e pelo bem-estar da nossa comunidade, vamos ter que fazer que se cumpra as determinações para que não se alastre a desgraça desse vírus. A partir de agora, vamos determinar toque de recolher meus irmãos, porque o que está em jogo é nossas vidas e de nossos familiares, essa doença agora é mais um de nossos inimigos. Família CV MT”, diz trecho de comunicado. (veja abaixo na galeria)

Procurada, a Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) afirma que a população deve seguir apenas as medidas adotadas pelos órgãos oficiais, como o Ministério da Saúde e a Secretaria Estadual de Saúde (SES). No final, A Sesp ressalta que é a única responsável pelas ações de segurança pública de Mato Grosso.

Veja a nota da Sesp na íntegra:

"A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) reforça que a população deve seguir apenas as orientações do Ministério da Saúde e da Secretaria de Estado de Saúde de Mato Grosso (SES-MT) quanto ao isolamento, para evitar a contaminação pelo coronavírus (COVID-19). Da mesma forma, a Sesp-MT é o órgão oficial responsável pelas ações de segurança pública no estado, portanto cabe a ele instituir as medidas a serem seguidas nesta área."

FONTE: MAJU SOUZA
DO REPÓRTER MT