Homem é preso por estuprar enteados de 7 e 8 anos; mãe sabia dos crimes

Um homem, nome e idade não revelados, padrasto de duas crianças, um menino de 7 anos e uma menina de 8, foi preso dentro de casa, no município de Juara (709 km da Capital), em cumprimento a um mandado de prisão preventiva, após a Polícia Judiciária Civil receber denúncia que os menores eram vítimas de abusos sexuais e maus-tratos.

Uma terceira criança, que seria filha de parentes da esposa do acusado, é mais uma vítima do homem.

Um agravante dessa ocorrência é que os policiais receberam ainda a informação que a mãe das crianças tinha conhecimento dos abusos, mas não tomava nenhuma providência para proteger os filhos, como denunciar o estuprador e afastar as crianças dele.

De acordo com a Polícia Civil, a denúncia foi feita na quinta-feira (12), de forma anônima. A prisão aconteceu no dia seguinte.

No tablete de uma das vítimas os investigadores encontraram conversas do padrasto com a menor, onde o homem aliciava a criança e pedia para que ela mandasse fotografias nuas e em posições pornográficas para ele.

Diante das provas, o delegado Carlos Henrique Engelmann representou pela prisão do acusado, que foi deferida pela Justiça.

Na delegacia, durante o primeiro depoimento, o estuprador confessou os crimes, registrados como estupro de vulnerável e aliciar, assediar, instigar ou constranger, criança por qualquer meio de comunicação, previsto no artigo 241-D do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

O pedófilo foi encaminhado à Cadeia Pública do município.

As crianças serão ouvidas nesta segunda-feira (16) em depoimentos especiais, de acordo com a lei.

FONTE: REPÓRTER MT