Mulher é assassinada logo após ir na delegacia denunciar marido por agressão e estupro

Uma mulher foi assassinada na manhã desta segunda-feira (16) no centro de Novo Mundo, a 791 km de Cuiabá, logo após sair da delegacia onde denunciou o marido por agressão e estupro.

Maria Irene Rodrigues Feitosa de Moura, 31 anos, foi morta a facadas e o marido, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante.

A mulher havia relatado aos policiais que ainda sentia dores pelo corpo, mas que resolveu denunciá-lo, pois queria a separação. A mulher lembrou que já tinha denunciado o companheiro por violência doméstica, quando eles viviam em Fortaleza, no Ceará.

Os policiais perguntaram se a mulher sabia onde o marido estava, mas ela respondeu que não. Os agentes se preparavam para sair em diligência na busca do suspeito, quando foram informados do feminicídio.

O suspeito deixou a faca do lado do corpo da mulher. Moradores próximos disseram aos militares que depois do crime o homem tinha entrado em uma área de mata.

Na busca pelo suspeito, os policiais o encontraram em um córrego e, sem apresentar resistência, ele foi detido. O homem alegou que o relacionamento era conturbado e que perdeu a cabeça.

Uma equipe da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) esteve no local e encaminhou o corpo da vítima ao Instituto Médico Legal (IML).

A Polícia Civil investiga o caso.

Homem foi preso pela Polícia Militar — Foto: PM-MT
FONTE: G1 MT