Prefeito decreta isolamento e faz barreira para monitorar entrada na cidade

Foto: Reprodução
O prefeito de Paranaíta (distante 890km de Cuiabá) decretou uma espécie de isolamento aos moradores do município. Para evitar que algum caso de novo coronavírus seja detectado na cidade, Tony Rufatto (PSDB) pretende agir de forma radical.

O chefe do executivo municipal afirmou a rodovia que liga Alta Floresta a Paranaíta será trancada e todos que desejar entrar em Paranaíta serão submetidos a uma bateria de perguntas. Se alguém falar que veio de fora e apresentar sintomas do Covid-19 serão proibidos de entrar na cidade.

“A ação será com ajuda da Vigilância de Saúde, Médicos, Polícia Militar e Polícia Civil. A barreira não é para amedrontar ninguém. É apenas para perguntar de onde está vindo e se estavam em estados que têm o coronavírus, vamos fazer encaminhamentos corretos e pedir que tenham consciência”, disse o prefeito.

Tony também encaminhou um pedido para a cidade polo Alta Floresta. “Lá existe aeroporto, rodoviária e sabemos que se lá ficar doente, aqui também vai ficar. Então temos que nos precaver e pedimos que todos os turistas sejam entrevistados. Queremos e estaremos em quarentena a partir de amanhã. Tudo isso é para evitar a proliferação da pandemia”, comentou o prefeito.

A barreira será feita na entrada de Paranaíta, próximo ao antigo posto fiscal. Se por algum acaso alguém tenha os sintomas do coronavírus, será encaminhado para o hospital municipal e será proibido de manter contato com moradores da cidade. Ficará em isolamento no hospital pelo período de duas semanas ou até o teste comprovar que o paciente não está infectado.

Orientações

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infeccções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

- Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

- Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

- Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

- Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

- Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Profissionais de saúde devem utilizar medidas de precaução padrão, de contato e de gotículas (máscara cirúrgica, luvas, avental não estéril e óculos de proteção).

FONTE: OLHAR DIRETO