Secretaria de Saúde confirma 6 casos de coronavírus em MT; 5 são na capital

Foto: Tchélo Figueiredo/SES-MT
A Secretaria de Saúde Estadual (SES) confirmou, nesta segunda-feira (23), seis casos de coronavírus em Mato Grosso. Cinco deles são em Cuiabá e um é em Várzea Grande, região metropolitana da capital.

No sábado (21), dois casos já haviam sido confirmados no estado. Entre os quatro novos casos, são dois homens e duas mulheres, entre 31 e 48 anos.

Outros 210 casos são investigados pela secretaria por serem suspeitos do Covid-19.

Os municípios que tem mais casos suspeitos sendo investigado são: Cuiabá (21), Rondonópolis (17), Sinop (14),Tangará da Serra (13),Várzea Grande (12),Campo Novo do Parecis (6), Lucas do Rio Verde (6), Primavera do Leste (5), Alta Floresta (3),

Também há casos suspeitos em Paranatinga (3), Aripuanã (3), Cáceres (3), Campo Verde (3), Comodoro (3), Matupá (2), Pontes e Lacerda (2),Cotriguaçu (1), Guarantã do Norte (1), Guiratinga (1), Ipiranga do Norte (1), Juína (2), Juruena (1), Nova Monte Verde (1), Nova Mutum (1), Nova Olímpia (1), Nova Xavantina (1), Nova Horizonte do Norte (1), Pedra Preta (1), Peixoto de Azevedo (1), Poxoréu (1) Barão de Melgaço (1), Barra do Garças (1),Araputanga (1), entre outros municípios.

A SES reforça que atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção por Covid-19. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus.

Ações diárias para ajudar a prevenir a propagação de vírus respiratórios:

  • Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão
  • Usar um desinfetante para as mãos à base de álcool.
  • Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas.
  • Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente.
  • Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo.
  • - Desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência. Esses são hábitos diários que podem ajudar a impedir a propagação de vários vírus, inclusive o novo coronavírus.

FONTE: G1 MT