Troca de tiros entre CV e PM termina com um baleado e dois presos

REPRODUÇÃO
Um ladrão foi baleado e três foram presos pela Polícia Militar (PM) durante uma perseguição pela BR-163. Os bandidos, com idades entre 21 e 33 anos, todos membros da facção criminosa Comando Vermelho de Mato Grosso, invadiram uma agência dos  Correios de Marcelândia (710 km da Capital) e furtaram dois cofres, na madrugada desta segunda-feira (16). Não foi informado a valor furtado da agência.

O Serviço de Inteligência da PM recebeu a informação de que o bando cometeu o furto por volta das 3h e que os criminosos estavam foragindo em uma caminhonete Toyota Hilux e em um Volkswagen Voyage pela BR.

Os policiais encontraram os veículos a cerca de 10 km da 163, quando seguiram atrás dos veículos e deram ordem de parada, o que não foi obedecido pelos bandidos.

Os militares perseguiram os ladrões pelos bairros Jardim Primavera e Jardim Palmeiras, ainda insistindo na ordem de parada, porém o bando continuava na fuga em alta velocidade.

Em determinado momento, com apoio de outras viaturas, foi feita uma barreira e os militares atiraram contra o pneu da caminhonete, que mesmo assim não parou.

A Hilux parou de funcionar nas proximidades do Viaduto central, na entrada da avenida Julio Campos, em Sinop (500 km da Capital), onde três criminosos desceram da caminhonete, armados, e começaram a atirar contra os policiais.

A PM revidou e atingiu um dos bandidos na perna. O ladrão ferido e um dos comparsas receberam voz de prisão, mas tentaram resistir, quando os policiais precisaram usar de força física para imobilizá-los.

O terceiro criminoso, que estava armado, tentou correr, ainda atirando contra a guarnição, porém foi encontrado e preso por outra viatura.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada, prestou atendimento ao ladrão ferido e o encaminhou ao Hospital Regional. Não corre risco de morte.

Os bandidos presos foram encaminhados à Delegacia de Polícia Cível, onde ficaram detidos à disposição da Justiça.

Os bandidos que foragiram no Voyage foram interceptados no município de Sorriso (420 km da Capital).

A Hilux foi apreendida e encaminhada ao pátio do guincho, aguardando os procedimentos cabíveis.

A ocorrência foi registrada por crimes de formação de quadrilha, furto, desobediência e posse ou porte ilegal de arma de fogo.

FONTE: REPÓRTER MT