Vídeos mostram mortandade de peixes no rio Teles Pires

Jonathan Ferreira/Arquivo pessoal
Centenas de peixes mortos foram encontradas nesta manhã de segunda-feira (16) no Rio Teles Pires, em Sinop (500 km ao Norte de Cuiabá), próximo a Itaúba. Os registros foram feitos por internautas, que publicaram os cardumes em vários trechos do rio.

Em uma das publicações, um grupo passa com um barco no rio e aponta vários peixes mortos, da espécie cachara. O vídeo, que conta com 1 minuto e 30 segundos, mostra ao longo de todo o rio a mortandade. Ainda não há informações de quantos peixes morreram.

De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), a pasta já está apurando o episódio, após denúncias da comunidade, por meio da regional em Sinop. Além disso, medidas administrativas e técnicas serão tomadas para verificar a motivação da mortandade dos peixes.

Ainda conforme a Sema, a secretaria já solicitou aos responsáveis pelo empreendimento UHE Sinop informações que podem levar a solução do impacto ambiental causado no Rio Teles Pires.

Em 2019, a Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) autuou a Companhia energética de Sinop em R$ 50 milhões por causar poluição pelo lançamento de sedimentos aprisionados na bacia de dissipação da Usina Hidrelétrica Sinop no Rio Teles Pires, quando da abertura das comportas, provocou a morte superior a 13 toneladas de peixes de diversas espécies.

De acordo com as avaliações feitas nos exemplares, identificou-se que os sedimentos em suspensão na água provocaram a obstrução das brânquias (órgão respiratório) dos peixes.

Outro lado

A reportagem tentou contato com a Sinop Energia, mas não obteve resposta até o fechamento dessa matéria. Confira a nota de esclarecimento da Sema:

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) informa que, por meio da regional em Sinop, está verificando o episódio de mortandade de peixes relatado pela comunidade nesta segunda-feira (16). A Pasta já solicitou aos responsáveis pelo empreendimento UHE Sinop informações complementares para apuração do ocorrido e está tomando as medidas administrativas e técnicas necessárias para solucionar o impacto ambiental causado no rio Teles Pires.

A Sema se coloca à disposição para mais esclarecimentos e reforça que casos como esse podem ser relatados via 0800 65 3838 ou aplicativo MT Cidadão. A Pasta reitera seu compromisso com a conservação ambiental e desenvolvimento sustentável de Mato Grosso.

Veja o vídeo



FONTE: GAZETA DIGITAL