Jovem tem casa invadida pelo ex, é estuprada e pensou que seria morta

REPRODUÇÃO
Um homem de 21 anos, nome não revelado, foi preso em flagrante durante a madrugada desta segunda-feira (27) após invadir a casa da ex-namorada, 22 anos. A vítima foi estuprada sem o uso de preservativo.

O caso foi registrado na avenida Planeta, bairro Jardim Itapuã, em Juara (709 km da Capital).

A vítima foi encaminhada a um hospital, onde passou por exame de corpo de delito, recebeu cuidados médicos específicos para os casos de estupro e foi liberada em seguida.

De acordo com o relato da jovem, ela e o acusado terminaram recentemente, porém o rapaz não aceita o fim do relacionamento.

Durante a madrugada o rapaz teria ido à casa dela, batido na porta e pedido para entrar, pois queria conversar. A vítima, que atendeu o ex na calçada da residência, teria recusado e falado “não temos mais nada para conversar, já acabou o relacionamento”.

Descontrolado, o agressor empurrou a mulher para dentro da residência, invadiu o local e levou a vítima à força para o quarto, onde praticou o estupro, sem camisinha.

De acordo com a ocorrência, a vítima disse que o acusado estava tão violento que chegou a pensar que ele ainda poderia tirar a vida dela. Porém, após consumar a violência sexual, o homem fugiu.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, conversou com a vítima e logo em seguida saiu em patrulhamento pela região, quando conseguiu encontrar o estuprador, que foi preso em flagrante.

A ocorrência foi registrada por crime de estupro e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, onde o agressor foi entregue, ouvido pelo delegado de plantão e permaneceu preso à disposição da Justiça.[

FONTE: REPÓRTER MT