MT registra 247 casos de Covid-19 e nove mortes por causa da doença

Foto: Fotos Públicas
A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde deste sábado (25), 247 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados nove óbitos em decorrência do coronavírus. A nona morte foi notificada pelo município de Sinop e envolveu um profissional da saúde municipal.

Os casos confirmados estão em

  • Cuiabá (124
  • Rondonópolis (36)
  • Sinop (20)
  • Várzea Grande (12)
  • São José dos Quatro Marcos (6)
  • Primavera do Leste (6)
  • Mirassol D’Oeste (6)
  • Tangará da Serra (5)
  • Cáceres (4),
  • Barra do Garças (3),
  • Rio Branco (2),
  • Aripuanã (2),
  • Vila Bela da Santíssima Trindade (1),
  • União do Sul (1),
  • Querência (1),
  • Pontes e Lacerda (1),
  • Pontal do Araguaia (1),
  • Nova Mutum (1),
  • Nova Monte Verde (1),
  • Lucas do Rio Verde (1),
  • Lambari D’Oeste (1),
  • Jaciara (1),
  • Ipiranga do Norte (1),
  • Conquista D’oeste (1),
  • Confresa (1),
  • Canarana (1),
  • Campo Novo do Parecis (1),
  • Alta Floresta (1)
  • residentes de outros estados (5).

Nas últimas 24 horas, surgiram seis novas confirmações nos municípios de Cuiabá (5) e Sinop (1).

Dos 247 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 91 estão em isolamento domiciliar e 127 estão recuperados. Há ainda 20 pacientes hospitalizados, sendo 11 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e nove em enfermaria.


No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 99 leitos de UTI e 402 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 59% dos diagnosticados são do sexo feminino e 41% masculino; além disso, 119 pacientes têm faixa-etária entre 36 a 55 anos.

O documento ainda aponta que um total de 1.814 amostras já foram processadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 79 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

FONTE: G1 MT