Quadrilha invade duas fazendas, furta defensivos agrícolas e ureia e é presa em esconderijo

Defensivos roubados foram apreendidos — Foto: PM-MT
Uma quadrilha especializada em furtos de defensivos agrícolas e ureia foi presa nesta terça-feira (31), em Rondonópolis, a 503 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, além dos agrotóxicos, foram encontrados animais silvestres abatidos. Os quatro homens confessaram os crimes e foram presos.

Por meio de denúncias anônimas, a polícia que faz patrulha rural conseguiu localizar o esconderijo dos bandidos e os materiais furtados. Eles foram presos em um sítio no Assentamento Carimã.

Segundo a polícia, os homens tinham furtado duas fazendas localizadas na região de Ouro Branco em noites anteriores.

Os defensivos roubados recentemente foram reconhecidos pelas vítimas e também foram encontrados outros defensivos agrícolas sem procedência e três baterias estacionárias.

Ainda no esconderijo, foram encontrados dois tatus, dois pacus e um pato selvagem - animais cuja caça é proibida. Os criminosos confessaram que praticaram caça e pesca predatória.

Criminosos estavam em um esconderijo — Foto: PM-MT
A primeira fazenda foi furtada na noite de domingo (29) e a outra na segunda-feira (30).

Os policiais fizeram buscas na propriedade rural onde os criminosos estavam e localizaram cinco armas de fogo, munições de vários calibres, inclusive uma munição de calibre restrito de nove milímetros.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, os quatro homens foram encaminhados para a delegacia juntos com os materiais apreendidos. Devido à Lei de Abuso de Autoridade, a identidade dos bandidos não foi revelada.

Os presos devem responder por furto, receptação, formação de quadrilha, matar, perseguir, caçar, apanhar e utilizar espécimes da fauna silvestre, comércio ilegal ou tráfico internacional de arma de fogo, acessório ou munição de uso proibido ou restrito e posse irregular de arma de fogo de uso permitido

FONTE: G1 MT