Golpistas que se passavam por fiscais do meio ambiente para extorquir vítimas são presos

Foto: Reinaldo Lima/PJC
Dois homens que se passavam por fiscais do meio ambiente para praticar o crime de extorsão foram presos pela Polícia Civil na terça-feira (12) em Vila Bela da Santíssima Trindade.

As investigações iniciaram após uma das vítimas procurar a delegacia de Vila Bela, relatando que vinha sendo assediada, através de visitas e telefonemas, pelos suspeitos que se apresentavam como fiscais do meio ambiente.

Apesar dos suspeitos não se identificarem como servidores de nenhum órgão específico, eles possuíam carteiras e todo um material utilizado para o golpe.

Para exigir o pagamento, a dupla falava que estava acontecendo uma operação na região e que as empresas deveriam colaborar, repassando valor chamado de “patrocínio”, para não serem vítimas de sanções e multas.

Com base nas informações, a equipe da Polícia Civil de Vila Bela iniciou as investigações, e através de trabalho de monitoramento, realizou a prisão dos golpista quando eles foram até a empresa da vítima para receber o pagamento.

Com eles, foram apreendidas máquinas de cartão de crédito/débito utilizadas para receber os valores das vítimas e recebidos com CNPJ de uma empresa inativa.

Diante das evidências, os suspeitos foram conduzidos à delegacia de Vila Bela, onde foram autuados em flagrante pelo crime de extorsão.

Segundo o delegado, Maurício Maciel Pereira Júnior, os suspeitos já praticaram o golpe em outros municípios do estado.

Um deles possui registros de boletins de ocorrência desde 2014 por situações semelhantes praticadas em diversos municípios e também já foram presos em flagrante anteriormente em Água Boa.

As investigações continuam para apurar outras possíveis condutas praticadas pelos suspeitos, como estelionato e uso de documento falso.

FONTE: G1 MT

0/Faça seu comentário