Menor cumpre ordem de facção e executa colega de quarto para ser ‘batizado’

RepórterMT/Reprodução
Um adolescente de 15 anos, nome não divulgado, interno do Centro de Atendimento Socioeducativo Masculino (Case) de Sinop (500 km da Capital), foi executado por dois ‘colegas’ de quarto e comparsas de facção criminosa durante a noite dessa quarta-feira (27).

De acordo com a ocorrência, os agentes da unidade ouviram gritos vindos do quarto que o menor dividia com mais três adolescentes, onde supostamente estaria acontecendo uma briga generalizada entre os internos.

No quarto, os servidores encontraram o adolescente pendurado pelo pescoço, quando teriam corrido para soltar o menor, que estava desacordado.

Uma equipe de resgate do Corpo de Bombeiros foi acionada para prestar socorro ao adolescente, mas quando os paramédicos chegaram apenas constataram a morte do menor.

Questionados sobre o acontecimento, um dos ‘colegas’ de quarto confessou o crime e disse que tinha assassinado o garoto com a ajuda de mais um e que estaria obedecendo ordem da facção.

O assassino ainda revelou que a motivação para o crime foi por que a ‘vítima’ teria cometido um assassinato sem a autorização da organização criminosa.

O adolescente ainda revelou que seria ‘batizado’ e reconhecido como membro da facção após cumprir a ordem.

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) foi acionada na unidade, onde analisou o corpo do adolescente e colheu evidências pelo quarto que comprovem as circunstâncias do homicídio. Em seguida, o cadáver foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia, que deve confirmar a causa clínica da morte.

O caso foi registrado por infração análoga a crime de homicídio doloso e a ocorrência encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, responsável pela investigação do caso.

FONTE: REPÓRTER MT

0/Faça seu comentário