MT registra 333 casos de Covid-19; Doze pessoas morreram pela doença

Foto: Tchélo Figueiredo/SES-MT
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) notificou, até este sábado (02), 333 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 12 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. A última morte foi de um enfermeiro de 63 anos, em Cuiabá, neste sábado.

Nas últimas 24 horas, surgiram 13 novas confirmações em Cuiabá (3), Rondonópolis (1), Várzea Grande (1), Cáceres (2), Jaciara (2), Nova Mutum (3) e Curvelândia (1). Em errata, a SES corrigiu o número de casos de Tangará da Serra para 9, por duplicação de casos, e de Lucas do Rio Verde para 7, por se tratar de um residente de outro estado (valor que foi incluído nesta categoria).

Dos 333 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 112 estão em isolamento domiciliar e 189 estão recuperados. Há ainda 20 pacientes hospitalizados, sendo 10 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 10 em enfermaria.

Os casos confirmados estão em:

  • Cuiabá (141)
  • Rondonópolis (50)
  • Sinop (20)
  • Várzea Grande (15)
  • Cáceres (10)
  • Tangará da Serra (9)
  • Primavera do Leste (9)
  • Mirassol D’Oeste (8)
  • Jaciara (8)
  • Lucas do Rio Verde (7)
  • São José dos Quatro Marcos (6)
  • Nova Mutum (5)
  • Barra do Garças (4)
  • Ipiranga do Norte (3)
  • Confresa (3)
  • Rio Branco (2)
  • Querência (2)
  • Poconé (2)
  • Peixoto de Azevedo (2)
  • Jangada (2)
  • Curvelândia (2)
  • Canarana (2)
  • Aripuanã (2)
  • Alta Floresta (2)
  • Vila Bela da Santíssima Trindade (1)
  • União do Sul (1)
  • Poxoréu (1)
  • Pontes e Lacerda (1)
  • Pontal do Araguaia (1)
  • Nova Monte Verde (1)
  • Lambari D’Oeste (1)
  • Conquista D’oeste (1)
  • Campo Novo do Parecis (1)
  • Residentes de outros Estados (8)

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 97 leitos de UTI e 398 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 58% dos diagnosticados são do sexo feminino e 42% masculino. Além disso, 159 pacientes têm faixa-etária entre 36 a 55 anos.

O documento ainda aponta que um total de 2.064 amostras já foram processadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen) e que, atualmente, restam 96 amostras em análise laboratorial.

FONTE: G1 MT

2/Faça seu comentário

  1. eu acho que as pessoas nem está sendo contaminado com o coronavírus na verdade as pessoas está pegando denque zika frebre amarela, porque os sintomas são os mesmos e a dengue está matando.

    ResponderExcluir
  2. Tem muita gente que não ta levando essa doença a sério depois que alguém da familia morrer aí que vai cair a ficha dessas pessoas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário