Após demissão, funcionários matam colega a tiros em MT

Chico Ferreira
Bruno Fernando Dias da Silva, 30 anos, foi encontrado morto após ser baleado por volta das 15h05 na tarde de segunda-feira (23), na fazenda Fortuna, em Nova Canaã do Norte (699 km ao Norte). Segundo a testemunha, que também trabalhava na sede, tudo indica que o crime foi cometido por dois funcionários da fazenda, de 37 e 23 anos.

Tudo começou na parte da manhã, quando a vítima pediu para um dos suspeitos se dirigir até o escritório para fazer o acerto com o rapaz. Ele estava sendo demitido da fazenda. Já o segundo suspeito ao ver a cena, tomou as dores do amigo e pediu as contas também.

Testemunha relatou que falou com Bruno 1h antes do assassinato. Disse que estava fazendo serviço às margens da estrada, até que em avistou os suspeitos descendo em direção à sede da fazenda em duas motocicletas. Passaram-se 25 minutos, quando o homem viu as motocicletas retornando, tomando rumo ignorado.

Na estrada, enquanto ia para casa, a testemunha flagrou Bruno caído, todo ensanguentado na região da cabeça, sem o rádio de comunicação e com sinais de tiros. Ele correu desesperadamente para avisar a esposa da vítima, que já encontraram Bruno sem vida.

Polícia foi acionada e em diligências, ouviu testemunhas e o comunicante do crime. Segundo ele, um dos suspeitos sempre comentava que tinha duas armas de fogo, sendo uma espingarda calibre 20 e outra calibre 12. Na casa em que eles moravam, 9 cartuchos de calibre 12 foram encontrados e apreendidos.

O local do crime foi isolado até a chegada da Perícia, que constatou várias marcas de tiros nas costas de Bruno. O caso foi registrado pela Delegacia de Policia civil para providencias cabíveis. Até o momento não se sabe sobre o paradeiro dos suspeitos.

FONTE: GAZETA DIGITAL

0/Faça seu comentário