Caminhoneiros podem fazer teste de Covid-19 gratuitamente nesta terça-feira em MT

Foto: Assessoria/Rota do Oeste
A testagem rápida para diagnosticar covid-19 pode ser feita gratuitamente por motoristas profissionais nesta terça-feira (9), no Posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF), localizado no km 387, saída de Cuiabá para Rondonópolis.

A ação será das 8h às 12h. Para participar, o interessado deve obrigatoriamente apresentar a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), nas categorias C, D ou E.

A iniciativa faz parte da 4ª fase da campanha Transporte em Ação do Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest Senat) e teve início nesta segunda-feira (8), quando foram aplicados 100 testes.

Durante o atendimento, os motoristas profissionais poderão fazer o teste, tirar dúvidas sobre a doença e formas de contágio, além de relembrar as medidas preventivas e os sintomas.

Haverá ainda o cadastramento dos participantes e a distribuição de lanches, máscaras de tecido e panfleto explicativo sobre o exame rápido.

A campanha é nacional e em todo o Brasil serão disponibilizados 30 mil testes.

Para Mato Grosso foram distribuídas unidades para Cuiabá e Rondonópolis. Na capital, são realizadas duas frentes de aplicações: 200 unidades na BR-163/364 para exames de motoristas rodoviários e o restante no eixo urbano, onde motoristas e cobradores do transporte coletivo de passageiros também contarão com a testagem nos dias 10 e 12, na sede do Sest Senat.

Na rodovia, todos os motoristas profissionais que tiverem interesse poderão fazer o teste.

O resultado oficial será encaminhado por e-mail em um prazo de 48 horas com as recomendações pertinentes para cada situação. Quem não tiver e-mail poderá cadastrar uma conta na hora. O serviço será realizado pela PRF, que também vai disponibilizar psicólogos para conversas e esclarecimentos.

Na BR-163/364, a iniciativa conta com a parceria da Concessionária Rota do Oeste, Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran-MT), Caramori DAF e Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais de Mato Grosso, Federação das Empresas de Transporte Rodoviários de Passageiros dos Estados de MT, MS e RO (Fetramar) e a Associação Brasileira de Reforma de Pneus (ABR).

FONTE: G1 MT

0/Faça seu comentário