Dois donos de ferro velho são presos por receptação de fios

PJC-MT
Dois proprietários de ferro velho foram nesta segunda-feira (22) presos em flagrantes e autuados pelo crime de receptação de fios de cobre no município de Sinop (distante 442 km de Cuiabá). 

Os dois foram presos em cumprimento a 4 mandados de busca e apreensão durante uma operação integrada da Polícia Civil,  Corpo de Bombeiros, Núcleo Integrado de Fiscalização (NIF) da Prefeitura Municipal e Vigilância Sanitária, na manhã desta segunda-feira (22), para reprimir crimes de furtos e receptação de fios de cobre no município.

A operação foi deflagrada após uma série de furtos em construções, prédios públicos ocorridos nos últimos meses, em que foram subtraídos fios de cobre, inclusive a iluminação pública da Rodovia BR-163.

Durante as investigações da Delegacia de Sorriso foram identificados quatro estabelecimentos que atuavam como “ferro velho” e que teriam envolvimento com a receptação desse tipo de produto. Com base nos levantamentos foi representado pelos mandados de busca e apreensão, deferidos pela justiça e cumpridos pela Polícia Civil em parceria com os demais órgãos.

Os 4 pontos foram fechados pela Vigilância Sanitária e pelo Corpo de Bombeiros por funcionarem sem autorização, alvará sanitário, ambiental e de incêndio. Em dois dos estabelecimentos foram encontradas grande quantidade de fios de cobre, sendo que em um dos endereços, os funcionários estavam descascando os fios que tinham acabado de receber.

Um dos locais, já foi alvo de flagrante em situação anterior demonstrando que o proprietária continua a atuar com a receptação de produtos ilícitos.

O delegado de Sorriso, André Eduardo Ribeiro, destacou que a operação integrada vai coibir a grande quantidade de furtos que estavam ocorrendo de forma reiterada no município. “Não existindo a figura do receptador, ou seja, quem compra o produto de origem ilícita, a demanda pelo produto diminui, reduzindo consequentemente os índices de furto deste tipo na cidade e região”, disse o delegado. (Com informações da assessoria)

FONTE: GAZETA DIGITAL