PC fecha posto sem licenças em VG; empresário é preso

REPRODUÇÃO
Fiscalização integrada da Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada do Consumidor, em conjunto com a Procon Estadual e o Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem) lacrou um posto de combustíveis em Várzea Grande, nesta terça-feira (23.06). Na ação, que contou com apoio da Central de Flagrante de Várzea Grande um homem de 53 anos foi detido e autuado em flagrante.

A ação para averiguação de supostas irregularidades foi deflagrada pela manhã e teve como alvo o posto de combustíveis localizado na Avenida Couto Magalhães, região central da cidade. Durante a vistoria, as equipes verificaram que o posto estava com a autorização de funcionamento revogada pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) desde o dia 3 de março deste ano, porém, continuava funcionando normalmente.

Diante das análises e apuração, o estabelecimento foi lacrado pela fiscalização. O proprietário do posto foi encaminhado até a Central de Flagrante de Várzea Grande, onde foi interrogado pelo delegado plantonista e autuado em flagrante pelo crime previsto na Lei 8.176/1991, que define crimes contra a ordem econômica e cria o sistema de estoques de combustíveis.

O conduzido de 53 anos responderá pelo crime de adquirir, distribuir e revender derivados de petróleo, gás natural e frações recuperáveis, álcool etílico hidratado carburante e demais combustíveis em desacordo com a lei.

FONTE: FOLHAMAX