Perfil no Instagram relata aventuras sexuais e expõe tamanho de pênis de mato-grossenses

REPRODUÇÃO
Um perfil do Instagram, intitulado ar“Taradas Anônimas – MT”, está sendo investigado pela Polícia Civil de Sorriso (420 km da Capital) após várias denúncias de que a página estaria divulgando fotos e nomes de moradores do município em relatos falsos de aventuras sexuais, expondo supostas traições, assim como tamanho do órgão genital, entre outras informações pessoais de vários homens da cidade.

A ocorrência foi registrada na tarde desse domingo (14) na Delegacia Municipal de Sorriso.

O perfil supostamente recebia os relatos por Direct, recurso de troca de mensagens e imagens da rede social, e em seguida, publicava o que teria recebido de internautas, histórias e imagens.

De acordo com as vítimas, o intuito é exposição e desmoralização com ‘fake news’, que está causando grandes transtornos à população sorrisiense, já que grande parte das vítimas é casada e estão sendo vinculadas à traição, causando problemas familiares, além de todas as outras exposições inverídicas que denigrem e caluniam todos os que foram citados no perfil.

De acordo com o Delegado André Ribeiro, a polícia já fez contato com a administração do Instagram e também com o Twitter por conter um perfil semelhante, pedindo que as contas fossem tiradas do ar, assim como foi solicitada pela autoridade os dados cadastrais de quem criou as páginas, informações que deverão ser entregues à polícia nos próximos dias.

“Essa pessoa será investigada e responderá por injúria, difamação e calúnia, tanto criminalmente, quanto no âmbito civil. Os cidadãos que tiveram seus nomes vinculados e sua imagem denegrida, já que diversas pessoas são casadas e está tendo problemas familiares, vão entrar com ação no cível para a reparação de danos e o acusado terá que pagar indenização a todas as vítimas. É uma página criminosa, feita por pessoas criminosas. É criminoso, não há nada de verdadeiro naquilo ali, são pessoas querendo prejudicar outras pessoas. Uma brincadeira de mau gosto que se tornou um ato criminoso. Um inquérito foi instaurado e está sendo investigado”, explicou o delegado.

FONTE: MÁRIO ANDREAZZA
DO REPÓRTER MT

0/Faça seu comentário