Advogada e mais 57 pessoas são detidas em festa clandestina em VG

Reprodução/Polícia Militar
A Polícia Militar prendeu na madrugada desta sexta-feira (31) 58 pessoas que participavam de uma festa clandestina na região da Guarita, em Várzea Grande. Entre os presos, está uma advogada de 35 anos.

Por conta da pandemia de coronavírus, as festas e atividades de lazer que promovem aglomeração estão proibidas na cidade.

Conforme o boletim de ocorrência, a Polícia Militar recebeu a denúncia de que havia uma festa com grande aglomeração de pessoas sem máscara e realizando disparos de arma.

Ao chegar no local, os policiais encontraram muita bebida alcoólica e pessoas compartilhando narguilé, o que também também facilita a transmissão do novo coronavírus.

Outras duas pessoas se apresentaram como agentes de segurança pública e estavam com pistolas. Em checagem, os militares constataram que elas não foram disparadas.

Os participantes da festa foram detidos e encaminhados para a Central de Flagrantes. Alguns, de acordo com o B.O., possuíam passagens criminais.

Veja vídeo do local:


FONTE: BIANCA FUJIMORI
DO MÍDIA NEWS

0/Faça seu comentário