Casos de covid-19 crescem 560% e mortes 892% em apenas um mês em MT

REPRODUÇÃO
Um comparativo dos casos da covid-19 aponta que o número de infectados cresceu de forma muito acelerada em junho e julho. No dia 1º de abril eram apenas 28 pessoas infectadas, em 1º de maio os números chegaram a 321, em junho 2.633, e no dia 1º deste mês já eram 17.401 mato-grossenses infectados. De junho para julho o salto foi de 560%.

Já as mortes subiram por covid-19 cresceram 892% em um mês em todo o Estado. Junho começou com 67 óbitos e no dia 1º de julho o Estado já tinha perdido 665 vidas para o novo coronavírus.

A primeira morte foi registrada no dia 4 de abril e as fatalidades permaneceram baixas até maio, sendo 11.

Atualmente os leitos de Unidade Terapia Intensiva (UTI) da Capital, tanto públicos quanto privados, operam em capacidade máxima. Já a capacidade pública do Estado é de quase 100%, restando apenas os leitos de retaguarda.

Até a tarde desta sexta-feira (03), Mato Grosso já tinha 19.540 casos confirmados da covid-19 e 741 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (4.564), Várzea Grande (1.483), Rondonópolis (1.375), Sorriso (837), Lucas do Rio Verde (812), Primavera do Leste (735), Tangará da Serra (721), Sinop (523), Nova Mutum (502), Pontes e Lacerda (470), Campo Verde (395), Cáceres (337), Confresa (331), Colíder (252), Barra do Garças (249), Campo Novo do Parecis (248), Querência (227), Matupá (223), Sapezal (209) e Peixoto de Azevedo (207).

Dos 19.540 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 10.393 estão em isolamento domiciliar e 7.684 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 228 internações em UTI e 317 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 95% para UTIs e em 46,5% para enfermarias.

FONTE: REPÓRTER MT

0/Faça seu comentário